Publicidade
Você está aqui: Inicial Entretenimento Motores Ainda mais esportivo, Honda Civic Si volta ao mercado brasileiro

Ainda mais esportivo, Honda Civic Si volta ao mercado brasileiro

PDFImprimirE-mail

Entretenimento - Motores

A nova geração do Civic Coupé Si traz aerofólio traseiro destacado copy

Desde que foi descontinuado, há três anos, o Civic Si deixou uma lacuna no segmento dos sedãs médios, no Brasil. O modelo correspondia à versão esportiva do carro-chefe de vendas da Honda no país e seu pacote técnico deixou saudades, entre os aficionados por alta performance. Mas a receita que fez história, por aqui, em breve estará de volta. E melhorada!

É que enquanto a concorrência se limita à adoção de apêndices aerodinâmicos, para suas versões esportivas, o novo Civic Si lança mão de toda a expertise acumulada pela Honda, na Fórmula 1, para extrair nada menos que 205 cv de um motor – aspirado – 2.4 litros 16V.

E o modelo que retorna ao país, no ano que vem, traz uma pegada ainda mais legal com a carroceria Coupé.


Inédito

Inédito por aqui há três gerações, o Civic Coupé Si deve se posicionar bem acima do sedã nacional e um pouco abaixo do irmão maior, o Accord, que parte de R$ 120 mil. Dificilmente o esportivo desembarca no Brasil por menos de R$ 110 mil – a versão nacional, produzida entre 2007 e 2011, era vendida por R$ 99,5 mil.

Ele vai concorrer na mesma faixa de mercado do novo Golf GTI, da Volkswagen, que parte de R$ 95 mil, mas estamos falando de modelos com design e pegadas completamente distintas.

No caso do Civic, o trem de força manterá o câmbio manual de seis marchas e o diferencial de deslizamento limitado, sem opção de transmissão automática. Afinal, este é um modelo feito para iniciados.
 

Para-choque traz novo difusor de ar
 
O Civic Coupé Si tem o mesmíssimo tamanho do sedã produzido no país. O modelo com carroceria de duas portas é um pouco mais baixo, 4 cm, e pesa oito quilos a menos. Para a linha 2014, ele incorporou um grande aerofólio destacado, no lugar da peço integrada à tampa do porta-malas usada anteriormente.

O motor 2.4 litros 16V, que tem deslocamento um pouco maior que o 2.0 litros 16V usado pelo extinto Si nacional, também fornece mais torque: são 24 mkgf contra 19,2 mkgf do modelo que era feito no Brasil.

Um detalhe importante: o valor de força agora é obtido em um regime de giro bem mais baixo, de 4.000 rpm, contra 6.100 rpm, anteriormente.

Para manter o Civic Si como referência, em termos de controle direcional, a Honda implementou barras estabilizadoras maiores na frente e atrás. Os pneus também cresceram e, agora, têm medida 215/40 aro 18. Outra novidade é o difusor de ar no para-choque traseiro, que garante visual mais agressivo para um modelo que, na maioria das vezes, está nos ultrapassando.
Fonte: Hojeendia

Publicidade
Banner
Publicidade

Procurar no site

Galeria

dsc_0683
dsc_0680
dsc_0677
dsc_0671
dsc_0670
dsc_0667