Publicidade
Você está aqui: Inicial Atlético 100% Líder

Vídeos

0:04:17
Exibições: 10301
Rated 0 of 5Rated 0 of 5Rated 0 of 5Rated 0 of 5Rated 0 of 5
0:03:19
Exibições: 9911
Rated 0 of 5Rated 0 of 5Rated 0 of 5Rated 0 of 5Rated 0 of 5
0:03:50
Exibições: 10047
Rated 0 of 5Rated 0 of 5Rated 0 of 5Rated 0 of 5Rated 0 of 5
0:03:23
Exibições: 9536
Rated 0 of 5Rated 0 of 5Rated 0 of 5Rated 0 of 5Rated 0 of 5
0:03:44
Exibições: 9931
Rated 0 of 5Rated 0 of 5Rated 0 of 5Rated 0 of 5Rated 0 of 5
0:03:15
Exibições: 10061
Rated 0 of 5Rated 0 of 5Rated 0 of 5Rated 0 of 5Rated 0 of 5
0:04:51
Exibições: 11596
Rated 0 of 5Rated 0 of 5Rated 0 of 5Rated 0 of 5Rated 0 of 5
Publicidade

100% Líder

PDFImprimirE-mail

Esporte - Atlético

240_copy

Com 100% de aproveitamento na temporada, o Atlético se manteve líder isolado do Campeonato Mineiro ao vencer o Villa Nova por 2 a 1, de virada, neste

domingo, no estádio Castor Cifuentes, em Nova Lima.

Os gols do Galo foram marcados por Neto Berola e Rafael Marques, com Eliandro fazendo o gol da equipe alvirrubra.

O Atlético lidera o Estadual com 21 pontos e, na próxima rodada, terá como adversário o Democrata-GV, sábado, na Arena do Jacaré, em Sete Lagoas.

O JOGO

O Atlético teve a primeira chance aos oito minutos, quando Guilherme recebeu passe de Richarlyson na grande área e concluiu para a defesa do goleiro Elisson.

Três minutos depois, em contra-ataque puxado por Guilherme, Marcos Rocha finalizou para nova defesa de goleiro.

Aos 13 minutos, André tabelou com Mancini na grande área pela direita e cruzou com perigo, mas a defesa do Villa conseguiu fazer o corte. No ataque seguinte, Mancini cobrou falta de longa distância e Elisson fez a defesa.

O jogo ficou truncado e o Atlético voltou a levar perigo aos 28 minutos, no chute cruzado de Mancini pela direita, defendido pelo goleiro. Aos 37, apesar do domínio atleticano, o Villa Nova abriu o placar com Eliandro e o placar de 1 x 0 para a equipe de Nova Lima se manteve até o final da primeira etapa.

SEGUNDO TEMPO

O técnico Cuca promoveu duas alterações no intervalo: Richarlyson e Escudero foram substituídos por Triguinho e Wesley, respectivamente.

O alvinegro começou pressionando com dois cruzamentos de Mancini pela direita, cortados pela zaga. Aos quatro minutos, Mancini cobrou falta de longa distância e Elisson fez outra intervenção. Dois minutos depois, Mancini teve outra cobrança de falta defendida pelo goleiro.

Aos nove minutos, André sofreu falta perto da grande área e a cobrança de Mancini desviou na barreira.

Cuca promoveu a terceira mudança no time aos 21 minutos, com Neto Berola entrando no lugar de Mancini.

Aos 26 minutos, André foi puxado pelo zagueiro na grande área, pênalti claro que o árbitro não marcou.

Dois minutos depois, Neto Berola tabelou com Wesley pela esquerda, invadiu a área e tocou rasteiro na saída do goleiro para empatar a partida: 1 x 1.

Embalado pelo gol de empate, o Atlético foi para cima e, aos 33 minutos, Rafael Marques pegou a sobra de bola na entrada da área e chutou rasteiro no canto direito do goleiro para virar o marcador: Galo 2 x 1.

O terceiro gol atleticano quase saiu aos 42 minutos, na boa cobrança de falta de Marcos Rocha, que exigiu grande defesa de Elisson.

Aos 44, Guilherme arriscou de fora da área e a bola explodiu na trave. Líder absoluto do Campeonato Mineiro, o Galo assegurou a terceira vitória de virada seguida no Estadual.

FICHA TÉCNICA

VILLA NOVA 1 x 2 ATLÉTICO

Motivo: Campeonato Mineiro – 7ª rodada

Data: 18/3/2012

Estádio: Castor Cifuentes

Cidade: Nova Lima (MG)

Gols: Eliandro (37’), Neto Berola (73’), Rafael Marques (78’)

Árbitro: Emerson de Almeida Ferreira

Auxiliares: Guilherme Dias Camilo e Frederico Soares Vilarinho

Cartões amarelos: Escudero, Richarlyson, Mancini, Pierre, Neto Berola, Leandro Donizete (Atlético); Eliandro, Francismar, Pedro (Villa Nova)

Cartão vermelho: Paulo Roberto (Villa Nova)

Villa Nova

Élisson; Carciano, Paulo Roberto e Heitor (Deivisson); Alex Santos, Marcus Pinguim, Henik, Francismar (Thiaguinho)e Pedro; Henrique (Felipe) e Eliandro. Técnico: Mauro Fernandes.

Atlético

Renan Ribeiro; Marcos Rocha, Réver, Rafael Marques e Richarlysson (Triguinho); Pierre, Leandro Donizete, Mancini (Neto Berola) e Escudero (Wesley); Guilherme e André. Técnico: Cuca.

Fotos: Bruno Cantini / Atlético/Fonte;Site do galo