Publicidade
Você está aqui: Inicial Cruzeiro Com Sobis artilheiro e garçom Thiago Neves, Cruzeiro goleia e avança na Copa do Brasil

Vídeos

0:04:17
Exibições: 10059
Rated 0 of 5Rated 0 of 5Rated 0 of 5Rated 0 of 5Rated 0 of 5
0:03:19
Exibições: 9688
Rated 0 of 5Rated 0 of 5Rated 0 of 5Rated 0 of 5Rated 0 of 5
0:03:50
Exibições: 9637
Rated 0 of 5Rated 0 of 5Rated 0 of 5Rated 0 of 5Rated 0 of 5
0:03:23
Exibições: 9309
Rated 0 of 5Rated 0 of 5Rated 0 of 5Rated 0 of 5Rated 0 of 5
0:03:44
Exibições: 9719
Rated 0 of 5Rated 0 of 5Rated 0 of 5Rated 0 of 5Rated 0 of 5
0:03:15
Exibições: 9663
Rated 0 of 5Rated 0 of 5Rated 0 of 5Rated 0 of 5Rated 0 of 5
0:04:51
Exibições: 11381
Rated 0 of 5Rated 0 of 5Rated 0 of 5Rated 0 of 5Rated 0 of 5
Publicidade

Com Sobis artilheiro e garçom Thiago Neves, Cruzeiro goleia e avança na Copa do Brasil

PDFImprimirE-mail

Esporte - Cruzeiro

20161023191953493354e copy

Em meio aos vários blocos carnavalescos espalhados por Belo Horizonte, o Cruzeiro colocou seus torcedores em ritmo de muita festa na noite desta quarta-feira. Quem esteve ao Mineirão pôde assistir à boa estreia de Thiago Neves, ao show de Rafael Sobis e à goleada da equipe celeste por 6 a 0 sobre o São Francisco, em jogo único da segunda fase da Copa do Brasil. Diante de um adversário tecnicamente limitado, a Raposa praticou um jogo extremamente ofensivo, de domínio absoluto, e fez a alegria dos mais de 11 mil torcedores presentes no estádio.


Na próxima fase da Copa do Brasil, o Cruzeiro jogará contra o Murici-AL, que nesta quarta-feira eliminou o América com vitória por 5 a 4 nos pênaltis, após empate sem gols no tempo normal. Esse confronto será disputado em jogos de ida e volta nos dias 8 e 15 de março. Os mandos de campo serão definidos em sorteio a ser realizado pela Confederação Brasileira de Futebol.

No Campeonato Mineiro, o time de Mano Menezes só volta a campo no dia 2 de março (quinta-feira), às 20h30, contra a Caldense, no Mineirão.

O jogo

Atraídos pela promoção de ingressos e principalmente pela estreia de Thiago Neves, os torcedores celestes compareceram em número razoável no Gigante da Pampulha (10.096 pagantes e 11.931 presentes). E logo aos 4min, o público soltou o grito após Rafael Sobis roubar a bola de Rodrigo Santarém e bater cruzado no canto esquerdo de Labilá: 1 a 0. Esse lance deu início ao massacre cruzeirense e à boa sintonia da dupla Sobis e Thiago Neves.

Thiago já poderia ter marcado seu primeiro gol em pouco mais de oito minutos em campo, mas o assistente Adailton Fernando Menezes, de maneira muito equivocada, assinalou impedimento de Arrascaeta, responsável por iniciar a jogada que terminou com finalização do camisa 30 para as redes. O uruguaio estava mais de um metro atrás do zagueiro Clayton He-Man, que lhe dava condições.

Mas o Cruzeiro não se importou muito com o erro e continuou em cima. Aos 17min, Diogo Barbosa tabelou com Ariel Cabral, foi à linha de fundo e cruzou rasteiro para Robinho ampliar: 2 a 0. Foi o 500º gol em partidas disputadas no novo Mineirão (desde fevereiro de 2013).

Velhos conhecidos desde os tempos de Fluminense, clube pelo qual atuaram juntos de 2012 a 2013, Thiago Neves e Rafael Sobis colocaram em prática o bom entrosamento a serviço do Cruzeiro. Aos 21min, o camisa 7 ampliou para 3 a 0 depois de rebote do goleiro Labilá em chute do principal reforço celeste na temporada. Aos 26min e aos 36min, Sobis recebeu assistências na medida de Thiago Neves e fechou o placar do primeiro tempo em 5 a 0.

No segundo tempo, o Cruzeiro diminuiu a pressão e passou a se concentrar no toque de bola. Aos 19min, o técnico Mano Menezes promoveu a entrada de Alisson no lugar de Thiago Neves, que foi bastante ovacionado pelo público. Na sequência, o xodó da torcida Lucas Silva substituiu o capitão Henrique. Aos 31min, ele participou do sexto gol ao chutar bola de fora da área e acertar o travessão. Na sobra, Arrascaeta completou de cabeça para a meta: 6 a 0. O placar poderia ter sido mais dilatado, porém Alisson desperdiçou duas oportunidades claras e não conseguiu deixar sua marca.

Essa foi a maior goleada do Cruzeiro no Mineirão desde 2013, ano em que o estádio foi reaberto após passar por reformas de modernização visando à Copa do Mundo de 2014.

CRUZEIRO 6X0 SÃO FRANCISCO-PA

CRUZEIRO
Rafael; Ezequiel, Leo, Caicedo (Manoel, aos 34min do 2ºT) e Diogo Barbosa; Henrique (Lucas Silva, aos 26min do 2ºT), Ariel Cabral, Robinho e Thiago Neves (Alisson, aos 19min do 2ºT); Arrascaeta e Rafael Sobis
Técnico: Mano Menezes

SÃO FRANCISCO-PA
Labilá; Diogo Silva, Charles, Clayton He-Man e Marcos Alemão; Rodrigo Santarém, Sousa, Murilo e Thiago Marabá (Heliton, aos 44min do 2ºT); Fábio Paulista (Thiago Floriano, no intervalo) e Anderson Bartola (Juninho, no intervalo)
Técnico: Walter Lima

Gols: Rafael Sobis, aos 4min, 21min, 26min e 36min, Robinho, aos 17min do 1ºT; Arrascaeta, aos 31min do 2ºT (CRU)
Cartão amarelo: Thiago Marabá, aos 36min do 2ºT (SFR)
Motivo: segunda fase da Copa do Brasil
Estádio: Mineirão
Data: quarta-feira, 22 de fevereiro de 2017
Árbitro: Eduardo Tomaz de Aquino Valadão (GO)
Assistentes: Edson Antônio de Sousa (GO) e Adailton Fernando Menezes (GO)
Pagantes: 10.096
Presentes: 11.931
Renda: R$ 186.613,00

Fonte: Uai